segunda-feira, 27 de março de 2017

Chaval: Sindicato APEOC promove debate sobre a Reforma da Previdência



O Sindicato APEOC realizou nesta sexta-feira (24) um debate sobre a Reforma da Previdência na Câmara Municipal em Chaval. Os servidores da Educação presentes participaram da conversa tirando dúvidas sobre as propostas de reformas trabalhistas e previdenciárias do governo golpista de Michel Temer.

O vice- presidente Regional , professor Antonio da Silva Júnior e o secretário da Comissão Municipal do Sindicato APEOC de Camocim, professor Mário Roberto Ferreira, esclareceram os prejuízos que o projeto trará para todos os trabalhadores, principalmente os da Educação, caso seja aprovado no Congresso Nacional.
   A professora Mocinha, presidente da Comissão Municipal de Chaval, fez suas considerações finais, enfatizou que a reforma é injusta e não considera a posição social dos trabalhadores. Ressaltou ainda que, esperamos que esse movimento realizado por todo o Brasil barre essa proposta que vem para desrespeitar o trabalhador.

sexta-feira, 24 de março de 2017

“Reforma” da Previdência: a hora é de mobilização, na defesa dos nossos direitos!


Na noite do dia 21/03, o Presidente Michel Temer anunciou a retirada dos servidores públicos de estados, DF e Municípios da reforma da Previdência. Sem dúvida, esse recuo do governo é uma reação às fortes mobilizações que se espalham pelo Brasil. Todavia, ainda não é tempo de cruzar os braços.
A reforma continuará abarcando a maior parte dos trabalhadores brasileiros, incluindo aqueles servidores públicos que ainda estarão condicionados às regras do Regime Geral de Previdência Social (RGPS/INSS). Mais de quatro mil municípios, dentre eles Camocim, não tem implantado Regime Próprio de Previdência Social. Para estes, as perversas regras da reforma, se aprovadas, passarão a valer, retirando direitos e afetando duramente a qualidade de vida. Então, para os trabalhadores da Prefeitura de Camocim, efetivos ou contratados, nada muda, a princípio. 
O aparente recuo do governo mais parece, nesse momento, uma estratégia para fragmentar a luta dos trabalhadores, procurando assim viabilizar o apoio dos congressistas em torno de um tema marcado pela impopularidade praticamente generalizada. O momento exige, portanto, ampla mobilização de nossa parte junto aos parlamentares. 
Neste sentido, a Comissão Municipal do Sindicato APEOC disponibiliza, a seguir, um quadro com os endereços de e-mail e de facebook dos vinte e dois deputados federais que representam o Ceará. Poderemos, assim, manifestar nossas opiniões a fim de que nossas vozes sejam ouvidas e nossos direitos sejam respeitados. 

Deputado(a) Federal / Email / Facebook
- Adail Carneiro: dep.adailcarneiro@camara.leg.br / facebook.com/adailcarneiro11
- André Figueiredo: dep.andrefigueiredo@camara.leg.br / facebook.com/DeputadoAndreFigueiredo
- Anibal Gomes: dep.anibalgomes@camara.leg.br
- Ariosto Holanda: dep.ariostoholanda@camara.leg.br / facebook.com/deputadoariostoholanda
- Cabo Sabino: dep.cabosabino@camara.leg.br / facebook.com/DeputadoFederalCaboSabino
- Chico Lopes: dep.chicolopes@camara.leg.br / facebook.com/depchicolopes
- Danilo Forte: dep.daniloforte@camara.leg.br / facebook.com/DeputadoDaniloForte
- Domingos Neto: dep.domingosneto@camara.leg.br / facebook.com/domingos.neto.7106
- Genecias Noronha: dep.geneciasnoronha@camara.leg.br /
facebook.com/Deputado-Federal-Genecias-Noronha-213910975288105
- Gorete Pereira: dep.goretepereira@camara.leg.brfacebook.com/goretep
- José Airton Cirilo: dep.joseairtoncirilo@camara.leg.br / facebook.com/Joseairtoncirilo
- José Guimarães: dep.joseguimaraes@camara.leg.br / facebook.com/DeputadoJoseGuimaraes
- Leônidas Cristino: dep.leonidascristino@camara.leg.br / facebook.com/leonidas.cristino
- Luiziane Lins: dep.luiziannelins@camara.leg.br / facebook.com/deputadaluiziannelins
- Macedo: dep.macedo@camara.leg.br
- Moses Rodrigues: dep.mosesrodrigues@camara.leg.br / facebook.com/MosesRodriguess
- Odorico Monteiro: dep.odoricomonteiro@camara.leg.br / facebook.com/odoricoamonteiro
- Paulo Henrique Lustosa: dep.paulohenriquelustosa@camara.leg.br / facebook.com/deputadophlustosa
- Raimundo Gomes de Matos: dep.raimundogomesdematos@camara.leg.br /
facebook.com/raimundo.matos
- Ronaldo Martins: dep.ronaldomartins@camara.leg.br / facebook.com/ronaldo10oficial
- Vaidon Oliveira: dep.vaidonoliveira@camara.leg.br / facebook.com/deputadofederalvaidon.oliveira
- Vítor Valim: dep.vitorvalim@camara.leg.br / facebook.com/vitorvalimfanpage
Sindicato APEOC - Camocim
Nenhum passo atrás!
 

quarta-feira, 22 de março de 2017

Sindicato APEOC discute a Reforma da Previdência no interior do estado

22/03/2017 |

O Sindicato APEOC, em parceria com a CUT e outros sindicatos de trabalhadores, promoverá neste mês de março uma série de debates e audiências públicas sobre a Reforma da Previdência no interior do Ceará. Os encontros discutirão os impactos negativos da reforma previdenciária na vida dos trabalhadores, caso seja aprovada. Serão realizadas audiências públicas nos municípios de Crateús, Chaval, Tauá e Cariré. Apesar do recuo do Governo Federal em livrar os servidores estaduais e municipais da Reforma da Previdência, é preciso estar atento para que nem as prefeituras nem os governos estaduais aprovem leis semelhantes. Veja a programação:

Chaval

Em Chaval, o Sindicato APEOC conduzirá a audiência pública nesta sexta-feira, dia 24 de março, a partir das 9h30, na Câmara Municipal. O professor e secretário da Comissão Municipal do Sindicato APEOC em Chaval, Mário Roberto, vai conduzir o debate com toda a categoria dando destaque aos retrocessos que a reforma vai impor aos trabalhadores da Educação.

Crateús

Uma audiência pública sobre o projeto da Reforma da Previdência também será realizado nesta sexta (24), a partir das 9h, em Crateús. O encontro ocorrerá na CREDE 13, BR 226, Bairro dos Venâncios.

Tauá

Em Tauá, a audiência pública será no sábado, dia 25 de março, na Câmara Municipal, a partir das 9h. A audiência pública contará com a participação da Comissão Municipal do Sindicato APEOC Tauá e dos deputados federais Odilon Aguiar (PROS), Moisés Braz (PT) e Agenor Neto (PMDB).

Cariré

Em Cariré, a audiência pública está marcada para o dia 28 de março, na Câmara Municipal da cidade, a partir das 9h. Organizada pelo Sindicato APEOC, Sindicato dos Trabalhadores Rurais e Sindicato dos Servidores Públicos, o encontro esclarecerá os prejuízos que o projeto trará para todos os trabalhadores caso seja aprovado no Congresso Nacional.

Reforma da Morte

O projeto de lei que promove a Reforma da Previdência já está em tramitação no Congresso Nacional e retira uma série de direitos e conquistas dos trabalhadores, como o fim da aposentadoria especial dos professores e o aumento do tempo de contribuição e idade mínima de aposentadoria para as mulheres.
A proposta é um ataque aos trabalhadores à medida que obriga a todos se aposentarem aos 65 anos, sem levar em conta as diferentes expectativas de vida dos brasileiros nas diversas regiões do país. No caso dos profissionais da Educação, o golpe é ainda maior. Além da perda do regime especial, as professoras terão que trabalhar ainda mais tempo para conseguir de aposentar.

domingo, 19 de março de 2017

Chaval: Câmara Municipal aprova o Reajuste do Piso dos Professores



A Câmara Municipal de Chaval aprovou, na sessão ordinária do dia 13/03  o Projeto de Lei (PL) Nº 005/2017, enviado pelo executivo, que atualiza o piso salarial dos professores. O projeto de lei foi aprovado por todos os vereadores.

O novo piso salarial dos professores foi anunciado em Janeiro, pelo ministro da educação, Mendonça Filho, e teve um reajuste de 7,64%. O aumento do salário base passou dos atuais R$ 2.135,64 para R$ 2.298,00 retroativo a 1º de Janeiro.

segunda-feira, 6 de março de 2017

Chaval: Sindicato APEOC vai a Câmara Municipal e pede direito de Resposta


Hoje dia 06/03 a presidente do Sindicato APEOC professora Mocinha, pediu espaço para se pronunciar na seção da Câmara Municipal de Chaval, quanto à citação do nome desta Entidade por parte de vereadores da oposição, de forma partidária na tentativa de denegrir, macular a imagem desta entidade.

A presidente deixou bem claro que como cidadã ela tem todo direito de fazer suas escolhas, mas que o Sindicato APEOC é imparcial, apolítico sem preferências partidárias até mesmo pelo fato de termos associados de ambos os lados e que a bandeira deste sindicato é lutar para que os direitos dos trabalhadores da educação sejam respeitados.

A| presidente Mocinha falou que o sindicato APEOC não concorda com a lotação  de alguns professores por estar em desacordo com o plano de cargos e carreiras. Infelizmente apenas uma professora procurou o sindicato para tentar rever sua lotação, porém não houve acordo.  Falou que o sindicato tem advogados para oferecer, mas o sócio tem que procurar.

Vale ressaltar que a sociedade inteira conhece a luta do Sindicato APEOC, sempre esteve ao lado dos professores e servidores da educação, por valorização e pelos direitos respeitados. A presidente ressaltou que é muito bom criticar pra tentar aparecer, estamos aberto às críticas construtivas  seria interessante que os vereadores apresentassem soluções para os problemas apresentem projetos que possa valorizar a educação deste município. E que antes de levar conversas infundadas para aquela casa, deveriam procurar o sindicato para ter informações fundamentadas a respeito do problema.

Após os esclarecimentos da presidente, a vereadora Patrice Brito  pediu para que a Professora Mocinha dissesse o que o Prefeito prometeu pra ela antes da eleição. 
 A Professora Mocinha disse que antes da eleição foi feita uma entrevista com os candidatos, no qual o então candidato Dr. Ângelo faltou. Nesta ocasião o candidato (atual prefeito eleito) se comprometeu com o sindicato em várias reivindicações e que tudo está registrado. A lotação dos professores foi um dos pontos tratados nas reivindicações. Dentre as reivindicações existem algumas que ele pode cumprir a curto prazo, mas tem outras que são mais complexas e que exigem um pouco mais de tempo.

A respeito do piso, que em outra ocasião também já foi citado nesta casa legislativa, informou que já está dando andamento ao projeto,esteve na Prefeitura e conversou com o Secretario de Educação e Prefeito, que disseram que o procurador está elaborando o projeto do piso que será enviado em breve para analise e aprovação desta casa.

A respeito do calendário letivo de 2017, o secretario mostrou inicialmente preocupação em conseguir fechar a carga horária obrigatória de 800 dias letivos, mais logo em seguida, foram apresentadas propostas viáveis foi chegado ao consenso de como conseguir cumprir esta carga horária sem prejuízo aos alunos e nem aos professores.

Assim, reiteramos junto ao corpo de vereadores presentes em tal seção, como também aos munícipes participantes, e agora também a todos que terão acesso a este artigo de que o objetivo principal desta instituição é lutar a favor dos direitos dos seus associados, independente de qual partido esteja assumindo a Prefeitura Municipal de Chaval, pois como já citado no inicio a APEOC é uma instituição apolítica e que está a disposição dos seus associados para juntos buscarmos o que for correto e de direito dos mesmos.